quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Minha primeira blogagem coletiva: Como nasceu o Blog?

Desde que as meninas do Mamatraca lançaram a ideia de uma blogagem coletiva para relatar "Como Nasce um Blog" fiquei me perguntando: Participo ou não participo? Porque esse blog não nasceu com nenhuma tendência maternal. Ele nasceu há dois anos, da vontade de por pra fora algumas besteiras que rondam meus pensamentos e registrar alguns momentos da minha vidinha simples e ordinária. Mas filhos? Não tinha nada a ver com filhos! Era pra falar das coisas simples da vida. De nada e de tudo. E eu ainda me considero uma recém nascida nessa história de blogar.

Quando o blog nasceu eu acreditava piamente que quando EU fosse mãe teria repertório além da maternidade. EU não seria monotemática. EU, não!...HA.HA.HA! Tá bom então, né? Daí que, arrotando minha arrogância pré-maternidade, me descubro grávida quando o blog tinha cinco meses. Depois disso foi ladeira virtual abaixo. Fazendo buscas pela internet sobre dicas para grávidas e afins, me deparo com o incrível blog da Mari Zanotto, o famoso Pequeno Guia Prático para Mães Sem Prática. E eu, que sempre detestei os tons pastéis que tingem o período da maternidade e da primeira infância, vi nos posts dela um mundo que destacava a tragicomédia da vida materna em cores vivas e inéditas para mim. Eu acho que devassei o blog dela. Encontrei uma forma muito interessante e cool de maternar. E daí para conhecer outros tantos blogs sobre o mesmo tema foi questão de links!

E agora alguém me diz: como é que se fazia antes da blogosfera materna??? Não sei. E tenho um preconceito meio horrível com mães que NÃO passeiam por esses blogs! #Confesso. Porque é muito conteúdo bom. Muita história real. Muitas verdades ditas. Muita generosidade. Muito filho lindo. Muito conhecimento compartilhado. Muitas dúvidas amparadas. Muitas histórias engraçadas. E muita disposição para ajudar. Virei adepta.

Aqui no blog, compartilho algumas informações sobre o Bernardo, sim. Ele me ajuda a registrar alguns momentos e a compartilhar com quem está longe. Mas a blogosfera materna me ajuda não só com as questões relacionadas ao tema principal. Ela me ajuda a a dar pitacos socializar. Ajuda a ter uma atitude mais ativa e menos receptiva. A pensar mais. A me engajar nas causas que interessam. E isso transborda pra todas as esferas da minha vida.

Hoje, tenho na rotina a visita frequente por alguns blogs queridos. De gente que eu nem conheço pessoalmente. Mas que eu conheço mais intensamente do que muita gente da vida real. E isso é estranhamente legal! E quem encontra tudo isso nunca está sozinha. Eu admiro muitas "celebridades" dos bites maternos, que, quando deixam um comentário por aqui, fazem meu coração palpitar de ansiedade, como uma fã adolescente histérica que ganha um autógrafo do ídolo (coisa que nunca me aconteceu na vida real, diga-se!!). É babaca, mas é verdade!

Também passei a gestar posts mentais (em número muito superior aos publicados. #JURO. Daí a razão pela qual eu ainda sou muito mais legal de conversar ao vivo! Rá). E, como na gestação de um bebê, por aqui, posts também podem levar meses para serem exibidos ao mundo. Também sinto fortes contrações na hora de publicá-los, pois blogar ainda não é algo muito natural e espontâneo pra mim. Há de se fazer alguns exercícios respiratórios dignos de pré-parto. E, apesar disso, não acho que eu consiga mais largar essa vida. Porque blogar é exatamente como a maternidade. A gente só sabe como é bom quando faz parte da classe!

Assim, fazendo toda essa análise, pensei: poxa, meu blog não é SÓ sobre maternidade. Mas depois dela, quem consegue escrever sobre outras coisas? E porque não manter uma atitude mais participativa e encarar minha primeira blogagem coletiva? Então, cá estou, a participar e, quem sabe, sair da fase de recém-nascida pra arriscar uns novos primeiros passos da minha infância na blogosfera!

2 comentários:

  1. uma maternidade nada ordinária. adoro aqui. bjão.

    ResponderExcluir
  2. Ficou muito bonitinho esse post, viu, Rê? Eu adorei!
    beijos

    ResponderExcluir